Ana Lopes Gomes

nome artístico: Ana Lopes Gomes
Formação

  • Em 2013 licenciou-se em Teatro, opção Formação de Atores, na Escola Superior de Teatro e Cinema;
  • Entre 2006 e 2009, Curso de Teatro da Escola Profissional de Teatro de Cascais.

Televisão

  • 2022, enfermeira, el. adicional, «Como um Rio», SP Televisão, SIC;
  • 2021, Vizinha, part. especial «Na Porta ao Lado : Amor», Santa Rita Filmes Opto;
  • 2018, part. especial, «Valor da Vida», Plural, TVI;
  • 2017/8, el. fixo, «Jogo Duplo», Plural, TVI;
  • 2016/7, el. adicional fixo, «Amor Maior», SP Televisão, SIC;
  • 2016, el. adicional, «Inspetor Max 2.0», Coral, TVI;
  • 2016, el. adicional, «Mulheres Assim», Coral, RTP 1;
  • 2015, part. especial, «Coração de Ouro», SP Televisão, SIC;
  • 2015, part. especial, «A Única Mulher», Plural, TVI;
  • 2015, part. especial, «Literatura Aqui», RTP 2;
  • 2014, part. especial, «Água de Mar», Coral, RTP 1;
  • 2014, part. especial, «Os Nossos Dias», SP Televisão, RTP 1;
  • 2014, part. especial, «Bem Vindos a Beirais», SP Televisão, RTP 1;
  • 2013/4, el. adicional fixo, «Sol de Inverno», SP Televisão, SIC;
  • 2012, part. especial, «Dancin Days», SP Televisão, SIC;
  • 2012, part. especial, «Rosa Fogo», SP Televisão, SIC;
  • 2010, part. especial, «Morangos com Açúcar – Vive o Teu Talento», Plural, TVI.

Teatro – atriz

  • 2021/22, «Vamos ao Parque», encenação de Flávio Gil, Teatro Maria Vitória;
  • 2020, co-protagonista, «A Síndrome da Culpa», encenação de Sofia Espírito Santo, Auditório Municipal Amélia Rey Colaço;
  • 2017, «Um Libreto para Ficarem em Casa Seus Anormais», encenação de Albano Jerónimo;
  • 2016, «Nabucco», encenação de André Heller Lopes;
  • 2015, «Décimo terceiro Andamento», encenação de Cláudia Lucas Chéu;
  • 2015, «Actrizes», encenação de João de Brito;
  • 2015, «A Cabeça Muda», encenação de Rui Neto;
  • 2015, «O Mundo das Cores», encenação de Isabel Medina;
  • 2014, «One to One», encenação de Rui Neto;
  • 2014, «A Inexistência de Eva», encenação de Filipa Leal;
  • 2014, «Menos Imergências», encenação de Ricardo Neves-Neves;
  • 2013, «Morrer na Praia», encenação de Filipa Leal;
  • 2013, «Termas», encenação de Maria Duarte;
  • 2013, «O Solene Resgate», encenação de Ricardo Neves-Neves;
  • 2013, «Simplesmente Maria», encenação de Mirró Pereira;
  • 2013, «Pormenores», encenação de Pedro Loureiro;
  • 2009, «Muito Barulho por Nada», encenação de Carlos Avilez;
  • 2008, «A Casa de Bernarda Alba», encenação de João Vasco.

Teatro – leituras

  • 2018, «Poetas do Povo #269, A Lei do Desejo»;
  • 2017, «Os Inquietos»;
  • 2016, «Vem à Quinta-feira», de Filipa Leal;
  • 2016, «O Poço dos Desejos», de Álvaro Modernell;
  • 2016, «Viagem à Palavra com Cesariny», de Cesariny;
  • 2015, «Dia Mundial da Poesia», Palácio de Belém, encenação de Adília Lopes;
  • 2015, «Pelos Leitores de Poesia», de Filipa Leal;
  • 2015, «Maratona do Desassossego»;
  • 2015, «Quintas de Leitura», de Filipa Leal;
  • 2015, «Curtas da Nova Dramaturgia»;
  • 2015, «Suma Uma», de de Jorge Telles de Menezes;
  • 2014, «Adília Lopes Lopes», de Filipa Leal;
  • 2012, «A Coxa Vai Parir Mas o Bebé Quer lá Saber», de António Tarantino.

Outros

  • Desde 2020 experiência em dobragens de filmes de animação e locuções;
  • Línguas: Inglês, Francês e Espanhol (castelhano);
  • Instrumentos musicais: Canto;
  • Desportos: Esgrima, malabarismo, basquete, badminton, padel e natação. Outros: Carta de condução (ligeiros)

Composite Ana Lopes Gomes