Henrique de Carvalho

nome artístico: Henrique de Carvalho

Formação Artística

  • Em 2009 completou o curso de Interpretação da Escola Profissional de Teatro de Cascais, com 18 val.;
  •  
  • Em 2016, curso intensivo de teatro com o ator norte americano John Frey, em Lisboa e frequência do curso anual de teatro de John Frey.

Prémios

  • 2015, Prémio de Melhor Ator na 1a edição do FICI – Festival Internacional de Cinema Independente, pela representação na curta-metragem «Um Rapaz Chamado Jaime».

Televisão

  • 2020, Tassara, el. fixo, «O Atentado», Coral, RTP;
  • 2018, Nelson, part. especial, «Vidas Opostas», SP Televisão, SIC;
  • 2017, recruta Faneca, el. adicional, «Três Mulheres», David e Golias, RTP;
  • 2017, Fonseca, el. adicional, «Teorias da Conspiração», Stopline, RTP;
  • 2017, Artur, el. adicional, «Inspetor Max – 2ª série», Coral, TVI;
  • 2016, part. especial, «Impostora», Plural, TVI;
  • 2016, part. especial, «Poderosas», SP Televisão, SIC;
  • 2015, Nelson, part. especial, «Bem Vindos a Beirais», SP Televisão, RTP;
  • 2013, Inácio jovem, part. especial, «Destinos Cruzados», Plural, TVI;
  • 2012, Jaime Paixão, elenco fixo, «Morangos com Açúcar», Plural, TVI;
  • 2009/10, Élio, elenco fixo, «Luz Vermelha», SP Televisão, SIC;
  • 2008, part. especial, «Deixa-me Amar», Plural, TVI;
  • 2004, Bruno, part. Especial, «Inspetor Max», Pipoca Entertainment, TVI;
  • 2002, Fábio, part. especial, «Bons Vizinhos», TVI;
  • 2001, Ernesto, el. fixo, «Olhos de Água», NBP, TVI;
  • 2000, Leandro, part. especial, «Crianças SOS», NBP, TVI.

Cinema

  • 2016, Miguel, longa-metragem «Al berto», realizada por Vicente Alves do Ó;
  • 2015, Jaime, curta-metragem «Um rapaz chamado Jaime», realizada por André Marques;
  •  
  • 2012, Francisco jovem, curta-metragem «Azul Celeste», realizada por Filipe Lima e Rafael Costa.

Teatro

  • 2020, «A Ratoeira», de Agatha Christie, encenação de Paulo Sousa Costa, Teatro Armando Cortez;
  • 2016, Pedro, elenco principal, «O Baile», de Edgar Neville, encenado por João Mota, Auditório do Casino do Estoril;
  • 2014, elenco principal, «Trovas & Canções», de Paula Carvalho e Paulo Coelho, encenado por João de Carvalho, em digressão;
  • 2012, revista «Humor com humor se paga», com direção e encenação de Mário Raínho, Teatro Maria Vitória, no Parque Mayer;
  • 2010, Príncipe Reginaldo, elenco principal, «Leandro, Rei da Helíria», de Alice Vieira, encenado por Carlos Avilez, Teatro Experimental de Cascais;
  • 2010, italiano Júlio, «O Comboio da Madrugada», de Tennessee Williams, encenado por Carlos Avilez, Teatro Experimental de Cascais e Teatro Rivoli no Porto;
  •  
  • 2009, Príncipe Cláudio, elenco principal, «Muito Barulho por nada» de William Shakespeare, prova de aptidão profissional dos alunos finalistas da Escola Profissional de Teatro de Cascais.

Outros

  • Dobragens de diversos filmes de animação e de imagem real;
  •  
  • Pratica vários desportos como surf, voleibol, dança e equitação.

Composite Henrique de Carvalho