Inês Galvão Faria

nome artístico: Inês Faria
ano de nascimento:  1997

Formação artística

  • 2012/16 Escola Profissional de Teatro de Cascais, curso de Interpretação;
  • De Fevereiro a Junho de 2012 workshop “Acting, Singing and Dancing”, na Plural;
  • 2014, Workshop de Dobragem de Desenhos Animados com Rui de Sá, ZOV;
  • Entre 2010 e 2011 workshops vários de representação, casting, canto, teatro, voz, dança e teatro na F.R.M.

Televisão

  • 2020, Mafalda, el. principal, «Afrodite», Recodd , RTP
  • 2019/2020, repórter, «Faz Faísca», Até ao Fim do Mundo, RTP;
  • 2019, rapariga discoteca, el. adicional, «Conta-me Como Foi – 1980», SP Televisão, RTP;
  • 2019, Gigi, el. fixo, «Bad & Breakfast», Comicalate, RTP Play;
  • 2017, Maria Munhoz, el. adicional, «Espelho d’Água», SIC;
  • 2017, Claudia, part. especial, «Paixão», SP Televisão, SIC;
  • 2017, Lúcia, el. adicional, «Inspetor Max 2.0», Coral Europa, TVI;
  • 2016, Rita, el. adicional, «Miúdo Graúdo», Endemol, RTP;
  • 2013/5, Inês, el. Fixo, «Bem Vindos a Beirais», SP Televisão, RTP;
  • 2013, Rita, part. especial, «Belmonte», Plural, TVI;
  • 2012, Raquel, protagonista, «Jogos Cruéis», Plural, RTP.

Teatro

  • 2016, «Sedutor», encenação de Sofia Espírito Santo, auditório do Centro Cultural da Malaposta;
  • 2013, «Marat Sade», encenação de Carlos Avilez, Teatro Experimental de Cascais;
  • 2012, «As Bodas de Fígaro», encenação de Bruno Bravo, co-produção
    Primeiros Sintomas e Maria Matos Teatro Municipal.

Outros

  • Desde 2013 experiência em curtas-metragens de estudantes;
  • Desde 2016 experiência em locuções;
  • Digital influencer, com criação de conteúdo de Instagram e canal de
    Youtube com diversas marcas, entre elas L’Oréal, Coca Cola e McDonald’s.

Composite Inês Faria